quarta-feira, 12 de novembro de 2014

O Tal do Bolo de Churros!


Oi, gente!

Recentemente aconteceu o Encontro Gourmet, que é um evento para blogueiros de comida, e uma super oportunidade pra encontrar amigos virtuais/reais, trocar idéias, receitas... e aprender também!

Esse ano fiz uma aula de bolos da União, e uma das receitas foi esse Mini Bolo de Churros, que anda dando bastante o que falar :) Essa receita é para Mini Bolo, mas é só multiplicar os ingredientes pata adaptar ao seu tamanho de forma (ou de fome!).

Vamos lá??

BOLO DE CHURROS

Ingredientes:
1 xic de chá de farinha de trigo
3/4 xic de chá de açúcar
1 colher sopa de canela em pó
1 pitada de sal
1 colher de chá de gelatina em pó incolor
3 colheres de sopa de óleo
3 gemas
1/4 de xic de chá de água
2 colheres de chá de essência de baunilha
3 claras em neve
Açúcar de confeiteiro para enfeitar

Recheio e cobertura:
1 lata de doce de leite cremoso

Modo de Fazer:
Massa:
Em uma tigela, misture a farinha, açúcar, canela, sal e a gelatina.
Em outro recipiente, misture o óleo com as gemas,a água e a baunilha. Despeje sobre a farinha,e mexa bem. Incorpore delicadamente as claras.
Despeje amassa em uma forma untada (10cm de diâmetro) e asse no forno pré aquecido (180C) ate dourar ligeiramente. Desenforme ainda morno. Depois de frio, corte em 2 camadas e reserve.

Montagem: Coloque a primeira camada do bolo em um prato, e acrescente parte do doce de leite de recheio. Cubra com a segunda camada e coloque o restante do doce de leite como cobertura. Pode usar um bico de confeitar para deixar a decoração mais especial. Para finalizar, polvilhe açúcar de confeiteiro com uma peneira .

Fácil, né?? E delicioso :)

Beijos,


Ana Paula


segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Bolinhas de fruta secas



Esse post é mais uma dica delícia do que um receita, na verdade. De qualquer forma, espero que vocês gostem.
Há algum tempo, descobri esse docinho e amei. Demora apenas 5 minutos pra ficar pronto e é uma beleza pra levar na bolsa, para um lanchinho saudável ou ainda comer de sobremesa.

Ingredientes:
2 xícaras de frutas secas
1 xícara de castanha ou nozes

Modo de preparo:
Bater tudo no processador até formar uma massa.
Enrolar e envolver (ou não) as bolinhas.

Aqui na foto temos ela sem envolver em nada e ainda envolta no gergelim e no cacau em pó (não se esqueçam que se vocês envolverem no chocolate em pó, açucara e derrete).

Já fiz a receita com variações mil. Já usei banana passa, damasco, uva passa, ameixa, castanha do pará, nozes, avelã.....mas o que eu sempre coloco para que não fique tão doce é o damasco, fica muito bom.
Da próxima vez colocarei coco também.

Beijos



segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Mousse de queijo com mel


Depois de um grande período afastada do blog resolvi aparecer. Muitas coisas mudando na rotina fizeram com que eu me afastasse um pouco daqui.
Bom, por conta de uma dessas mudanças fui num restaurante maravilhoso, o Adega Santiago, comemorar e pedi uma sobremesa que na minha opinião superou as expectativas.
Era uma mousse de queijo branco com calda de mel e nozes. Em princípio achei que a combinação não fosse me agradar muito mas a recomendação da casa foi boa.
Enfim.......AMEI a sobremesa, achei super delicada, muito leve e uma combinação maravilhosa.
Tentei reproduzir aqui com vocês mas claro que ainda não ficou igual.
A mousse ficou muuuito boa mesmo mas acredito que o mel usado faz toda a diferença, ele tem que ser um mel mais suave do que eu usei (nem por isso deixou de ficar boa hein, ficou de lamber os beiços).
Também sugiro derreter a goiabada com um pouco de água para fazer uma segunda opção de calda dessa sobremesa.

Ingredientes:

250g de queijo cottage (pode usar o queijo branco também, mas eu tinha esse em casa)
1 copo de iogurte natural
1/2 lata de leite condensado
1 pacote de gelatina sem sabor
200g de creme de leite fresco
Mel à gosto
Nozes à gosto

Modo de preparo:

Bata o creme de leite fresco em ponto de chantilly. Reserve.
Bata no liquidificador o queijo, o iogurte e o leite condensado. Reserve.
Dissolva a gelatina conforme instruções da embalagem e adicione nesta mistura do liquidificador. Bata mais um pouco até que fique homogêneo.
Misture o creme de leite batido com o restante dos ingredientes e leve à geladeira até ficar firme.
Adicione o mel e as nozes.


Espero que gostem.







terça-feira, 28 de outubro de 2014

Evento: Feira gastronômica com sabores do Brasil em SP

Semana que vem rola o Semana Mesa São Paulo, evento super esperado por chefs, cozinheiros, amantes de panela e afins.
Como é um evento mais segmentado para este público, não costumamos falar dele aqui, SÓ que este ano ele tem uma proposta bem legal, o FAROFA.

Semelhante a uma feira gastronômica, terá 18 foodtrucks e 10 barracas com comidas regionais de chefes consagrados do Brasil todo.
A entrada é gratuita e os pratos custarão até R$20.

Aqui tem a programação completa. Eu vou. =)
Quem mais vai?

Serviço:
FAROFA
De 3 a 5/11, das 10h às 20h
Local: Senac Santo Amaro
Av Engenheiro Eusébio Stevaux, 823 - Santo Amaro

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Dia do Macarrão - Macarrão Caprese no Potinho

Oi, gente!

No último sábado, dia 25/10, foi comemorado o Dia do Macarrão. Como eu adoro massa e motivo pra ir pra cozinha, fui comemorar!

Essa receita (do site Panelinha), fica uma gracinha e é muito bacana pra servir em uma festa, porque já está em porções individuais e todo mundo pode se servir a vontade :)

Vamos lá??

MACARRÃO CAPRESE
(as quantidades foram alteradas da receita original)

Ingredientes:
- 500g de macarrão (usei parafuso integral)
- 1 caixinha de tomare cereja
- 400g de mussarela de búfala
- 1 xic de manjericão
-  queijo parmesão ralado
- nozes (eu usei castanha do pará, que eu tinha em casa)
- 1 dente de alho
- azeite a gosto

Modo de Fazer:

1 - Cozinhe o macarrão conforme as instruções do fabricante
2 - Prepare o pesto: bata no liquidificador ou processador: manjericão, alho, queijo parmesão, nozes e azeite
3 - Lave bem e pique a mussarela de búfala, tomate cereja e rúcula.


Depois disso é só montar o potinho. Como eu ia servir na hora, já misturei o molho pesto com o macarrão. Mas essa  receita é legal pra levar para um picnic, ou até para o trabalho como uma marmita diferente! Neste caso, não misture o molho. Coloque as camadas na seguinte ordem: pesto, tomates, macarrão, mussarela de búfala e rúcula. Tampe bem e deixe na geladeira. Na hora de comer, chacoalhe bem o potinho para que os ingredientes se misturem.

E vocês? Comemoraram o dia do macarrão??

Boa semana!


Ana Paula



quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Pão Integral Caseiro


Oi, gente!!!

Quem não gosta de pão, né?? Eu amo. Caseiro então.... Mas fazer pão muitas vezes eh complicado, demora, nem sempre a gente acerta a mão. Encontrei essa receita assistindo o programa Bela Cozinha, no GNT, e corri para testar. Super fácil, prático, saboroso e saudável. Faz tempo que não compro pão aqui em casa :)

Vamos lá??

Tem um vídeo da receita aqui, do GNT. Tá bem explicado, então nem precisei tirar fotos do passo a passo.

Pão Integral Sem Leite

Ingredientes:

4 copos de farinha de trigo integral
3 colheres de chá de fermento biológico seco
2 ½ copos de água morna
1 colher de chá de sal
1/3 copo de óleo de coco
2 copos de farinha de trigo branca

Modo de Fazer:

1 - Misturar a farinha integral, fermento e água morna (a água não pode estar nem muito quente nem muito fria, pois isso atrapalha a fermentação. Deve estar entre 37º e 40º). Cubra com um pano limpo e deixe descansar por 10 minutos.
2 - Adicione o sal, o óleo e a farinha branca. Quando a massa estiver mais encorpada, comece a amassar com as mãos, em uma bancada. Sovar a massa 10 minutos. Sovar que faz com que seu pão fique fofinho!
3 - Colocar a massa em forma untada (eu untei com o próprio óleo de coco, e uso 2 formas de bolo inglês). Deixar a massa descansar em local quente por 1h. Pão precisa de ambiente quente para crescer. Em dias mais frios, costumo colocar dentro do forno (desligado). A massa costuma dobrar de tamanho.
4 - Levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC, por aproximadamente 45 minutos.
5 - Desenformar antes que esfrie completamente. Costumo deixar sobre uma grade até esfriar, para que o vapor não deixe ele um pouco molhado e corra o risco de embolorar.

O bacana é que dá pra brincar bastante com essa massa, colocando outros ingredientes e deixando ela ainda mais saborosa. Já coloquei castanha do pará, nozes, uva passa....

Beijos!


Ana Paula

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Ravioli de Nutella com Damasco e Vinho Branco

Nas minhas últimas férias eu tive a oportunidade de conhecer um casal incrível, a Francesca e o Giuseppe.
Eles são donos de uma pequena escola de culinária em Roma chamada Rêverie, fora do circuito turístico. A distância tem duas vantagens: 1 - você tem a oportunidade de experimentar a vida como quem mora lá, se virar com transporte público e conhecer além do planejado. / 2 - o curso não é para turistas, é para italianos, então o foco também é outro - aprender como um cidadão de lá.

Bom, filosofias à parte, foi com o Giuseppe que eu aprendi a fazer massas, frescas e secas. E ontem me aventurei, pela primeira vez, a fazer sozinha. E o resultado foi uma sobremesa diferente e muito gostosa.

O post é longo porque vou aproveitar pra detalhar como fazer a massa fresca, que vale depois pro recheio que quiser, doce ou salgado.
Andiamo mangiare!

RAVIOLI DE NUTELLA COM CALDA DE DAMASCO E VINHO BRANCO

INGREDIENTES:
Para a massa:
200 g de farinha de trigo comum
2 ovos médios (50g cada) - a proporção é sempre de 50 g de ovo para cada 100 g de farinha
1 colher de sobremesa de óleo
sêmola de grano duro ou fubá para polvilhar as superfícies (se usar farinha a massa pode absorver e ficar mais dura do que deve)

Para o recheio:
Meio vidro de Nutella

Para a calda:
1 vidro de geléia de damasco (eu usei a da Queensberry, mas pode ser caseira)
1 cálice de vinho branco

PREPARO:

MASSA
Seguindo as fotos (de 1 a 8 são as fotos da aula mesmo =)):
1. Faça um "vulcão" com a farinha numa superfície lisa, limpa e livre de cheiros.
2. Adicione os ovos no meio do vulcão.
3. Bata os ovos com um garfo.
4. Vá juntando a farinha pelas beiradas aos ovos batidos até incorporar toda a farinha.
5 e 6. Quando não for mais possível mexer com o garfo, comece a trabalhar a massa com as mãos.
7. Ainda sobre a superfície, sove a massa usando o apoio da mão.
8. Quando a massa estiver lisa e enfiando o dedo ela demorar pra voltar, está pronta.
Embale em filme plástico e leve por meia hora à geladeira.

Depois deste tempo a massa está pronta para abrir, no rolo ou no cilindro.
Se for cilindro, abra a massa passando algumas vezes no espaço 1 (o maior vão possível): passa, dobra, passa de novo.
Quando a massa estiver lisinha, vai diminuindo o espaço do cilindro a cada passada, até deixá-la bem fininha (no meu cilindro, é espessura 6).
Estique a massa sobre uma superfície polvilhada com a sêmola ou com o fubá.
Marque levemente com um cortador de biscoitos, ou copo, o local para colocar o recheio.
Coloque uma colher de Nutella no centro de cada marca.
Com um pincel quase seco, pincele água nas bordas da massa, onde ela será dobrada.
Junte as pontas da massa, mantendo o recheio no meio, bem na dobra. com cuidado, vá tirando o ar e apertando bem uma massa na outra para grudar. Não é preciso reforçar com um garfo.
Corte cada ravioli com o próprio cortador, ou com carretilha, ou faquinha, com cuidado para não cortar sobre o recheio.
Na panela, coloque cerca de 8 a 10 raviolis na água fervente por vez e deixe cozinhar por 3 minutos.

CALDA:
Em uma panela coloque a geléia e o vinho, mexa bem e leve ao fogo médio. Quando começar a ferver, deixe por mais 2 a 3 minutos, mexendo e desligue. Está pronto pra servir.

MONTAGEM:
Retire o ravioli da água e coloque 3 a 4 em um prato de sobremesa. Cubra com uma colher da calda e sirva imediatamente.
Observações importantes que aprendi com o Giuseppe:
* Nunca se coloca sal na massa porque ela reage com o ovo. Sal vai só na água de cozimento e quando é uma massa salgada.
* Sempre que não estiver mexendo na massa é importante deixá-la coberta com um guardanapo, porque ela resseca e fica quebradiça
* Usando a proporção de 100 g de farinha para 50 g de ovo e uma pitada de óleo, dificilmente precisará acrescentar mais farinha à massa. Se for preciso, faça em quantidades bem pequenas.
* Se for guardar para cozinhar mais tarde, polvilhe fubá entre as camadas para não grudar e guarde em geladeira, tampado.

E o casal querido. Obrigada por fazerem minha viagem ainda mais especial! =D