terça-feira, 28 de outubro de 2014

Evento: Feira gastronômica com sabores do Brasil em SP

Semana que vem rola o Semana Mesa São Paulo, evento super esperado por chefs, cozinheiros, amantes de panela e afins.
Como é um evento mais segmentado para este público, não costumamos falar dele aqui, SÓ que este ano ele tem uma proposta bem legal, o FAROFA.

Semelhante a uma feira gastronômica, terá 18 foodtrucks e 10 barracas com comidas regionais de chefes consagrados do Brasil todo.
A entrada é gratuita e os pratos custarão até R$20.

Aqui tem a programação completa. Eu vou. =)
Quem mais vai?

Serviço:
FAROFA
De 3 a 5/11, das 10h às 20h
Local: Senac Santo Amaro
Av Engenheiro Eusébio Stevaux, 823 - Santo Amaro

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Dia do Macarrão - Macarrão Caprese no Potinho

Oi, gente!

No último sábado, dia 25/10, foi comemorado o Dia do Macarrão. Como eu adoro massa e motivo pra ir pra cozinha, fui comemorar!

Essa receita (do site Panelinha), fica uma gracinha e é muito bacana pra servir em uma festa, porque já está em porções individuais e todo mundo pode se servir a vontade :)

Vamos lá??

MACARRÃO CAPRESE
(as quantidades foram alteradas da receita original)

Ingredientes:
- 500g de macarrão (usei parafuso integral)
- 1 caixinha de tomare cereja
- 400g de mussarela de búfala
- 1 xic de manjericão
-  queijo parmesão ralado
- nozes (eu usei castanha do pará, que eu tinha em casa)
- 1 dente de alho
- azeite a gosto

Modo de Fazer:

1 - Cozinhe o macarrão conforme as instruções do fabricante
2 - Prepare o pesto: bata no liquidificador ou processador: manjericão, alho, queijo parmesão, nozes e azeite
3 - Lave bem e pique a mussarela de búfala, tomate cereja e rúcula.


Depois disso é só montar o potinho. Como eu ia servir na hora, já misturei o molho pesto com o macarrão. Mas essa  receita é legal pra levar para um picnic, ou até para o trabalho como uma marmita diferente! Neste caso, não misture o molho. Coloque as camadas na seguinte ordem: pesto, tomates, macarrão, mussarela de búfala e rúcula. Tampe bem e deixe na geladeira. Na hora de comer, chacoalhe bem o potinho para que os ingredientes se misturem.

E vocês? Comemoraram o dia do macarrão??

Boa semana!


Ana Paula



quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Pão Integral Caseiro


Oi, gente!!!

Quem não gosta de pão, né?? Eu amo. Caseiro então.... Mas fazer pão muitas vezes eh complicado, demora, nem sempre a gente acerta a mão. Encontrei essa receita assistindo o programa Bela Cozinha, no GNT, e corri para testar. Super fácil, prático, saboroso e saudável. Faz tempo que não compro pão aqui em casa :)

Vamos lá??

Tem um vídeo da receita aqui, do GNT. Tá bem explicado, então nem precisei tirar fotos do passo a passo.

Pão Integral Sem Leite

Ingredientes:

4 copos de farinha de trigo integral
3 colheres de chá de fermento biológico seco
2 ½ copos de água morna
1 colher de chá de sal
1/3 copo de óleo de coco
2 copos de farinha de trigo branca

Modo de Fazer:

1 - Misturar a farinha integral, fermento e água morna (a água não pode estar nem muito quente nem muito fria, pois isso atrapalha a fermentação. Deve estar entre 37º e 40º). Cubra com um pano limpo e deixe descansar por 10 minutos.
2 - Adicione o sal, o óleo e a farinha branca. Quando a massa estiver mais encorpada, comece a amassar com as mãos, em uma bancada. Sovar a massa 10 minutos. Sovar que faz com que seu pão fique fofinho!
3 - Colocar a massa em forma untada (eu untei com o próprio óleo de coco, e uso 2 formas de bolo inglês). Deixar a massa descansar em local quente por 1h. Pão precisa de ambiente quente para crescer. Em dias mais frios, costumo colocar dentro do forno (desligado). A massa costuma dobrar de tamanho.
4 - Levar ao forno, pré-aquecido a 180ºC, por aproximadamente 45 minutos.
5 - Desenformar antes que esfrie completamente. Costumo deixar sobre uma grade até esfriar, para que o vapor não deixe ele um pouco molhado e corra o risco de embolorar.

O bacana é que dá pra brincar bastante com essa massa, colocando outros ingredientes e deixando ela ainda mais saborosa. Já coloquei castanha do pará, nozes, uva passa....

Beijos!


Ana Paula

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Ravioli de Nutella com Damasco e Vinho Branco

Nas minhas últimas férias eu tive a oportunidade de conhecer um casal incrível, a Francesca e o Giuseppe.
Eles são donos de uma pequena escola de culinária em Roma chamada Rêverie, fora do circuito turístico. A distância tem duas vantagens: 1 - você tem a oportunidade de experimentar a vida como quem mora lá, se virar com transporte público e conhecer além do planejado. / 2 - o curso não é para turistas, é para italianos, então o foco também é outro - aprender como um cidadão de lá.

Bom, filosofias à parte, foi com o Giuseppe que eu aprendi a fazer massas, frescas e secas. E ontem me aventurei, pela primeira vez, a fazer sozinha. E o resultado foi uma sobremesa diferente e muito gostosa.

O post é longo porque vou aproveitar pra detalhar como fazer a massa fresca, que vale depois pro recheio que quiser, doce ou salgado.
Andiamo mangiare!

RAVIOLI DE NUTELLA COM CALDA DE DAMASCO E VINHO BRANCO

INGREDIENTES:
Para a massa:
200 g de farinha de trigo comum
2 ovos médios (50g cada) - a proporção é sempre de 50 g de ovo para cada 100 g de farinha
1 colher de sobremesa de óleo
sêmola de grano duro ou fubá para polvilhar as superfícies (se usar farinha a massa pode absorver e ficar mais dura do que deve)

Para o recheio:
Meio vidro de Nutella

Para a calda:
1 vidro de geléia de damasco (eu usei a da Queensberry, mas pode ser caseira)
1 cálice de vinho branco

PREPARO:

MASSA
Seguindo as fotos (de 1 a 8 são as fotos da aula mesmo =)):
1. Faça um "vulcão" com a farinha numa superfície lisa, limpa e livre de cheiros.
2. Adicione os ovos no meio do vulcão.
3. Bata os ovos com um garfo.
4. Vá juntando a farinha pelas beiradas aos ovos batidos até incorporar toda a farinha.
5 e 6. Quando não for mais possível mexer com o garfo, comece a trabalhar a massa com as mãos.
7. Ainda sobre a superfície, sove a massa usando o apoio da mão.
8. Quando a massa estiver lisa e enfiando o dedo ela demorar pra voltar, está pronta.
Embale em filme plástico e leve por meia hora à geladeira.

Depois deste tempo a massa está pronta para abrir, no rolo ou no cilindro.
Se for cilindro, abra a massa passando algumas vezes no espaço 1 (o maior vão possível): passa, dobra, passa de novo.
Quando a massa estiver lisinha, vai diminuindo o espaço do cilindro a cada passada, até deixá-la bem fininha (no meu cilindro, é espessura 6).
Estique a massa sobre uma superfície polvilhada com a sêmola ou com o fubá.
Marque levemente com um cortador de biscoitos, ou copo, o local para colocar o recheio.
Coloque uma colher de Nutella no centro de cada marca.
Com um pincel quase seco, pincele água nas bordas da massa, onde ela será dobrada.
Junte as pontas da massa, mantendo o recheio no meio, bem na dobra. com cuidado, vá tirando o ar e apertando bem uma massa na outra para grudar. Não é preciso reforçar com um garfo.
Corte cada ravioli com o próprio cortador, ou com carretilha, ou faquinha, com cuidado para não cortar sobre o recheio.
Na panela, coloque cerca de 8 a 10 raviolis na água fervente por vez e deixe cozinhar por 3 minutos.

CALDA:
Em uma panela coloque a geléia e o vinho, mexa bem e leve ao fogo médio. Quando começar a ferver, deixe por mais 2 a 3 minutos, mexendo e desligue. Está pronto pra servir.

MONTAGEM:
Retire o ravioli da água e coloque 3 a 4 em um prato de sobremesa. Cubra com uma colher da calda e sirva imediatamente.
Observações importantes que aprendi com o Giuseppe:
* Nunca se coloca sal na massa porque ela reage com o ovo. Sal vai só na água de cozimento e quando é uma massa salgada.
* Sempre que não estiver mexendo na massa é importante deixá-la coberta com um guardanapo, porque ela resseca e fica quebradiça
* Usando a proporção de 100 g de farinha para 50 g de ovo e uma pitada de óleo, dificilmente precisará acrescentar mais farinha à massa. Se for preciso, faça em quantidades bem pequenas.
* Se for guardar para cozinhar mais tarde, polvilhe fubá entre as camadas para não grudar e guarde em geladeira, tampado.

E o casal querido. Obrigada por fazerem minha viagem ainda mais especial! =D

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Forminhas de ovos - ou uma releitura do pão com ovo

Depois que o Google Reader foi brutalmente finalizado, eu nunca mais mais retomei o ritmo de atualização de leitura no Feedly, e o Pinterest se tornou a minha principal fonte de referência. Muitas ideias legais pra cozinha, artesanato, decoração, moda...
E foi lá que eu vi uma foto de referência desta forma de preparar e servir pão com ovo.

Aproveitei que tinha uma turma dormindo aqui em casa e preparei 8 pães com ovos numa tacada.
É prático demais pra quando tem muita gente pra comer.

INGREDIENTES (para 1 porção):
1 fatia de pão de forma sem casca
margarina para untar
1 ovo pequeno
1 colher (chá) de queijo parmesão ralado
pitada das ervas que tiver em casa
sal e pimenta a gosto

PREPARO:
Preaqueça o forno em temperatura média.
Afine a fatia de pão com um rolo (pau de macarrão, garrafa de vidro vazia e limpa, etc...).
Unte uma forminha de cupcake com a margarina e acomode a fatia de pão dentro, pressionando contra o fundo e as laterais.
Quebre o ovo e coloque sobre o pão. Salpique o queijo, as ervas, o sal e a pimenta e leve ao forno por cerca de 15 minutos.
Desenforme e está pronto para servir. =)
PS: note que na foto dos ingredientes as forminhas estão com papel de cupcake. Foi uma tentativa que eu fiz - ao invés de untar as forminhas de alumínio, forrar com papel (sabem como é... A facilidade de lavar depois... Hehehe!), mas NÃO funcionou. O ovo que vazou grudou no papel e foi ruim de descolar. Na forminha direto, só untada, funcionou direitinho. =)

domingo, 7 de setembro de 2014

A Festa da Lua na Tradição Chinesa e seus Doces

Uma das coisas mais difíceis quando a gente muda de trabalho é também uma das mais legais: a adaptação cultural.
Há menos de um mês eu comecei a trabalhar em uma empresa chinesa. Estou aprendendo muito sobre a forma que trabalham, suas tradições e já comemorei, pela primeira vez, a Festa da Lua.

A Festa (em chinês moderno: 中秋节) é uma das mais tradicionais comemorações chinesas. Ela acontece no 15o dia do 8o mês lunar do calendário chinês (neste ano, amanhã, dia 08/09/2014), data em que a lua está mais bonita.
Nos tempos antigos as pessoas faziam oferendas às divindades com bolos refinados e, depois disso, se reuniam para comemorar com a família.
Hoje, todos ainda celebram assim, com suas famílias, e comendo os "doces da lua".

Na empresa nós ganhamos uma caixa de doces típicos INCRÍVEIS, como manda a tradição.
Eu não tive tempo de testar nenhuma receita para postar no blog, mas nesta semana vou tentar comprar os ingredientes e também uma forma com um ideograma, para ficar bem característico.

O que já aprendi dos doces é que a maior parte deles é bem redonda, remetendo à lua cheia.
São feitos com uma base de torta mais seca, levam menos açúcar do que os nossos doces brasileiros e têm os recheios mais variados, como inhame, chá verde, castanhas, feijão, semente de lótus e até carne de soja (acredite se quiser, estava MUITO gostoso).

Enquanto não consigo postar a receita, deixo o endereço de onde vieram os nossos. =)
DELÍCIA NATURAL
R Vieira de Moraes, 1134, Campo Belo - São Paulo - SP
11 5533-1233

Ou no bairro da Liberdade, com certeza, você ainda consegue comprar o seu para comemorar amanhã.
(e não, isso não é um publieditorial ;o))

Boa Festa da Lua!

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Cheesecake de Ricota, Nutella e Laranja

Olá, minha gente!
A rotina não tem permitido postar, então estou morrendo de saudades disso aqui. =)

Ontem tive um tempinho e consegui testar uma receita nova, de um livro INCRÍVEL que comprei nas últimas férias. Se chama Passione Nutella, um livro italiano da Clara Vada Padovani, com a calobaração de vários chefs que, como o nome diz, traz SÓ receitas com Nutella (quantas curtidas este livro merece?).
Além das receitas, ele traz também um pouco de história e campanhas antigas. Muito fofinho.
A primeira receita que testei foi este cheesecake, por um motivo muito simples: tinha todos os ingredientes em casa. É bem fácil de fazer, mas leva um tempinho para ficar pronta, já que além de assar, tem o tempo para resfriar e gelar.
Mas valeu a espera. Ficou levinha e muuuito saborosa.

CHEESECAKE DE RICOTA, NUTELLA E LARANJA (levemente adapatado do livro Passione Nutella)

INGREDIENTES:
130 g de biscoito doce seco
60 g de manteiga derretida em banho maria (ou no microondas, em potência média)
125 g de ricota fresca
150 g de cream cheese
55 g de açúcar
15 g de amido de milho
1 ovo + 1 gema
125 g de iogurte natural integral
120 g de Nutella
85 g de geléia de laranja (o original sugere pêssego, mas eu tinha este vidro aberto e troquei)

PREPARO
Comece pela base: esmigalhe os biscoitos finamente no mixer e misture bem à manteiga derretida.
Forre o fundo e as laterais de uma assadeira redonda de 20 cm de diâmetro com papel alumínio (usualmente eu forro com papel manteiga, mas decidi seguir a sugestão do livro. E não é que dá certo?)
Espalhe por igual esta mistura sobre o papel do fundo da assadeira e pressione bem. Leve à geladeira por pelo menos 20 minutos.

Ligue o forno na temperatura baixa (180o) para aquecer.

Prepare o recheio: na batedeira ou no mixer, bata a ricota com o cream cheese até formar um creme liso e fofo (é rapidinho). Junte, sucessivamente, o açúcar, o amido, o ovo e a gema, mexendo bem depois de cada ingrediente.
Por fim, junte o iogurte, a Nutella e a geléia e mexa cuidadosamente.

Despeje sobre a massa na assadeira que está gelando e leve ao forno preaquecido por 50 minutos.
Retire do forno, deixe chegar em temperatura ambiente e leve à geladeira por mais 2 horas para terminar de firmar.
Na foto acima ele está mais cremosinho porque eu não esperei as 2 horas. Hehehe!